Foto: reprodução

A excelência dos eventos da grife Forró do Sítio Novo vem, novamente, dar o diferencial para uma festa especial que irá acontecer no dia 20 de janeiro, na Lagoa do Meio, que receberá uma logística incrível, visando celebrar 2018 em grande estilo. O Verão Vip Brumado, receberá uma megaestrutura, com grandes novidades, tendo um destaque para a área de alimentação, onde será oferecido para o público delícias da culinária como Sushi, Churrasco Grego, Acarajés, Tapioca, uma grande variedade de Salgados, além de Açaí, Roska com Vodka Orloff, Cerveja Itaipava Premium Long Neck, Refrigerantes e muita Água Mineral para refrescar. As atrações musicais serão: Banda Nairê; Pablo Moraes; Fann Estourado e Dj Pantera. Vale ressaltar que a festa é limitada somente para 500 pessoas e as vendas se iniciarão amanhã (05).

Foto: reprodução

Auditoria feita pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) identificou “indícios de inconsistência cadastral” nos dados sobre mais de 2,5 milhões de famílias que recebiam o benefício do Programa Bolsa Família. Do total, cerca de 470 mil famílias estavam enquadradas na faixa com renda per capita acima de meio salário mínimo. Nesse caso, os benefícios foram cancelados. Cerca de 1,5 milhão de famílias tinham renda per capita entre R$ 170 e meio salário mínimo. Elas tiveram o benefício bloqueado e a liberação só será feita depois que o beneficiário fizer o recadastramento. Somando as famílias que tiveram o Bolsa Família cancelado com as que tiveram o benefício bloqueado, o total chega a cerca de 1,97 milhão. O levantamento identificou ainda “indícios de inconsistência cadastral” nos dados sobre cerca de 620 mil famílias enquadradas na faixa com renda familiar per capita de até R$ 170. Por enquanto, esses beneficiários não terão o Bolsa Família cancelado ou bloqueado, mas precisarão fazer o recadastramento, segundo a CGU. Para chegar a esses resultados, a CGU adotou uma nova metodologia de cruzamento de dados envolvendo diversos órgãos e cadastros do governo federal. A nova metodologia foi proposta por um grupo de trabalho formado por representantes da Casa Civil da Presidência da República, do Ministério da Fazenda, do Ministério do Planejamento, da CGU, do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e da Caixa Econômica Federal, além do MDS. Em outra frente de auditoria, a CGU comparou as rendas registradas em outras bases de dados oficiais com as declaradas no Cadastro Único do Bolsa Família, “a fim de identificar famílias que teriam fornecido informações inverídicas”. Foram então apontadas quase 346 mil famílias com “fortes indícios de terem falseado a declaração da informação de renda no momento do cadastro”. De acordo com a CGU, isso representa R$ 1,3 bilhão em pagamentos indevidos para um período de dois anos. Por meio de nota, a CGU acrescenta que, sendo comprovadas as irregularidades, serão abertos processos administrativos e aplicadas “sanções legais, tais como devolução de valor” e a impossibilidade de retorno ao Bolsa Família pelo prazo de um ano. Das 346 mil famílias que não teriam informado renda existente quando se cadastraram no programa, cerca de 297 mil teriam uma renda subdeclarada entre meio e um salário mínimo; e 34,9 mil teriam renda subdeclarada entre um e um salário mínimo e meio. Diante desse cenário, a CGU apresentou algumas recomendações para aprimorar os controles relativos ao Cadastro Único. Entre elas a adoção de um processo prévio de verificação das informações declaradas e a regulamentação de critérios de geração de pendências e de invalidação do cadastro das famílias identificadas no processo de averiguação. O público-alvo do programa é formado, prioritariamente, por 13,5 milhões famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda mensal por pessoa de até R$ 85, e de pobreza, com renda mensal per capita entre R$ 85,01 e R$ 170. Para receber o benefício é necessário que haja na família crianças ou adolescentes com idade até 17 anos.

Panieri Atacarejo, bom negócio todo dia!

A Panieri Atacarejo é o primeiro atacado auto serviço de Brumado que além de promoções incríveis e produtos de qualidade, oferece preços jamais vistos na cidade. Na Panieri Atacarejo o seu dinheiro rende muito mais, pois os preços são incriveis no varejo e inacreditáveis no atacado. Os preços praticados na Panieri são ótimos para as donas de casa e melhores ainda para os donos de comércios que compram para revender. A Paniere Atacarejo fica localizada na Rua Coronel Paulino Chaves, nº 390, centro (Praça do Jurema), em Brumado e fica aberto aos domingos e feriados. Panieri Atacarejo, Lucro para quem é dono de comércio e economia para as donas de casa. Para maiores informações entre em contato atráves do telefone; (77) 3441-2152. 

Foto: reprodução

A menos de 30 dias para o final do prazo para a realização do recadastramento biométrico nas cidades cuja revisão está em fase obrigatória, mais de 1 milhão e 600 mil eleitores da Bahia ainda não atenderam a convocação da Justiça Eleitoral. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 48 municípios estão submetidos à revisão extraordinária no estado, ou seja, os eleitores dessas cidades precisam realizar a biometria até o dia 31 de janeiro de 2018. Caso não realize o procedimento, o eleitor terá seu título cancelado. Na terça-feira (2/1), dos 4.359.308 eleitores das cidades em revisão extraordinária, 2.670.566 (61,26%) realizaram o procedimento biométrico. Dessa forma, os 1.688.742 que ainda não fizeram a atualização precisam buscar o posto do TRE-BA em seu domicílio eleitoral para coleta dos dados biométricos.

Foto: reprodução

Por Varela Notícias,

Após laudo de análise emitido pelo Laboratório Central Noel Nutels, no Rio de Janeiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de um lote do leite condensado da marca Fazendeira, da fabricante mineira Baduy. O laudo constatou presença, em excesso de Estafilococos Coagulase Positiva, bactéria que causa mal-estar, vômito e diarreia. O lote vetado foi 0681M1 e já havia sido interditado por 90 dias, mas foi definitivamente proibido porque a fabricante não apresentou contraprova à interdição inicial. A empresa não pode comercializar nem distribuir o produto e ainda terá que recolher todo o estoque existente no mercado.

Foto: reprodução

A Secretaria da Educação do Estado está orientando os gestores das escolas da rede estadual sobre o descarte e devolução de livros didáticos. Para 2018, os estudantes e professores dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental devem entregar os materiais para reutilização e cada escola precisa adotar medidas para estimular as devoluções, bem como registrar a quantidade de livros devolvidos. Já os livros do Ensino Médio, que encerram o ciclo trienal de atendimento, seguindo o Programa Nacional do Livro Didático, serão descartados, podendo ser entregues aos próprios alunos ou distribuídos para cooperativas de reciclagem credenciadas pelo Governo do Estado, de acordo com a Portaria nº 359 de 20 de janeiro de 2011, da Secretaria da Educação do Estado. “Com a devolução dos livros, a escola pode avaliar as reais necessidades de novos livros, realizar remanejamento e solicitar livros da reserva técnica ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), promovendo o uso adequado dos recursos públicos”, destacou a coordenadora de Monitoramento do Livro Didático e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana. Já em relação ao descarte, Alessandra ressalta que “caso os estudantes não queiram ficar com os livros, o gestor escolar deve seguir os procedimentos da Portaria nº 359, preenchendo todos os formulários que estão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)”. A solicitação, completa, deve ser publicada no Diário Oficial pela Secretaria da Educação.

Foto: reprodução

Os preços da gasolina e do diesel - comercializados nas refinarias - recuaram hoje (4) 1,4% e 1,9% respectivamente, de acordo com informação da Petrobras. Ontem (3) a gasolina havia diminuído 0,1% e o diesel aumentado 0,6%. As variações de preço fazem parte de reajustes frequentes praticados pela Petrobras, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”, segundo a estatal. O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível na página da estatal na internet.

Foto: Reprodução/ Facebook

Após dias de calor, voltou a chover forte em Brumado. A primeira chuva da Capital do Minério em 2018, veio acompanhada de raios e trovões que assustaram muita gente. A chuva caiu por volta das 2:30 da tarde. A previsão apontava pancadas de chuva para a cidade desde a última terça-feira (02). Segundo o Instituto Clima Tempo a máxima nesta tarde pode chegar aos 29 graus com mínima de 25, podendo chover forte na parte da noite. Já para a quinta-feira (04) a previsão é de sol pela manhã e chuva forte também na parte da tarde.

Foto: Se liga Brumado

A Padaria União Santos vem se destacando, oferecendo qualidade, experiência, capricho e profissionalismo de uma equipe especializada, que oferecem produtos  diversos e com sabores incomparáveis. Mostrando ser a mais querida pelos Brumadenses, a empresa está no mercado há 13 anos.  A Padaria União Santos aceita encomendas para todos os tipos de eventos, basta ligar para o número (77) 3441-3642 ou se dirigir até a empresa que fica localizada na Av. Otávio Mangabeira, no bairro Nobre, próxima à escola Nossa Senhora de Fátima. 
 

Foto: reprodução / Facebook

O acidente aconteceu na noite da última terça-feira (02) na BR-030, em Brumado. Segundo informações, o ex-vereador Castilho Viana estava acompanhado de sua namorada e filha, quando retornavam da cidade de Salvador. Castilho teria perdido o controle do veículo após desviar de um animal na pista. Os ocupantes do veículo foram atendidos e encaminhados para o Hospital Professor Magalhães Neto e estão fora de perigo. 

Foto: reprodução

Por Agência Brasil,

O preço da gasolina comercializada nas refinarias diminui 0,1% nesta quarta-feira (3), de acordo com informação divulgada pela Petrobras. O diesel, por sua vez, aumenta de 0,6%. É a primeira variação de preço dos dois combustíveis em 2018. A última oscilação ocorreu no sábado (30 de dezembro), quando a gasolina aumentou 1,9% e o diesel 0,4%. As variações de preço fazem parte do modelo de reajustes frequentes praticados pela Petrobras, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”, segundo a estatal. “Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, acrescenta a empresa. O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível na página da estatal na internet.

Vidraçaria D'Neto

Páginas